Você sabe como definir bons objetivos? Confira neste artigo!

Quer saber mais sobre as soluções da Appus?

Para que uma empresa prospere, é necessário saber para onde ela está indo. Isso pode ser definido por meio de metas e objetivos. Mas como saber a forma certa de defini-los, ou as melhores práticas para isso?

Visando sanar essas dúvidas, daremos algumas dicas úteis neste texto sobre como definir bons objetivos. Você saberá quais são os erros mais comuns na hora de criar um objetivo, quais aspectos devem ser levados em conta e de que forma cada objetivo deve ser planejado. Vamos lá!

Qual é a diferença entre objetivo e tarefa?

Antes de entender como bons objetivos podem ser definidos, é importante saber o que é um objetivo. Além disso, é interessante que você conheça a diferença entre objetivos e tarefas, um assunto que muita gente costuma confundir.

Tarefas

Tarefas podem ser definidas como ações rotineiras, ou seja, ações que são realizadas com frequência visando resultados específicos. Usando a vida real como exemplo, temos algumas tarefas que se repetem em nosso dia a dia, como:

  • levar os filhos para escola;
  • pagar as contas;
  • estudar para uma prova ou trabalho acadêmico;
  • realizar exercícios físicos.

Tudo o que foi citado são ações realizadas rotineiramente e que fazem parte do escopo de uma pessoa. Se ela é, profissionalmente, um técnico de suporte em TI, as suas tarefas serão aquilo que sempre faz dentro do seu setor. Como exemplos:

  • instalação de softwares;
  • resolução de problemas na rede;
  • atendimento de chamados via website;
  • contato com fornecedores de serviços de TI.

Objetivos

Agora, quando falamos de objetivos, estamos lidando com uma meta, um ponto a ser alcançado. Em alguns casos, para que um objetivo seja alcançado, será necessário que alguns requisitos sejam cumpridos. Por exemplo:

Vamos imaginar o exemplo de uma adolescente chamada Valentina que está no ensino médio. Valentina, cansada de ir pra recuperação todos os anos, decidiu que este ano ela vai se esforçar muito mais e vai passar para o próximo ano sem ir para a recuperação . Tendo estabelecido tal meta, alguns requisitos serão necessários. Confira abaixo:

Objetivo: Passar de ano sem ir pra recuperação

  • REQUISITO: Ter média superior à 7 em todas as matérias;
    • TAREFA: Fazer todos os deveres de casa;
    • TAREFA: Fazer e entregar todos os trabalhos das disciplinas;
    • TAREFA: Estudar conteúdo das disciplinas diariamente;
  • REQUSITO: Obter frequência superior a 75% em todas as matérias;
    • TAREFA: Ir para o colégio todos os dias;
    • TAREFA: Prestar atenção na chamada.

Caso Valentina não cumpra os requisitos de média e frequência, ela não conseguirá alcançar seu objetivo final de passar de ano sem recuperação. Com isso é possível perceber onde as tarefas e objetivos se cruzam.

Como definir bons objetivos?

Antes que um colaborador saia por aí definindo objetivos, é necessário que ele conheça quais são os objetivos da instituição. 

Quando uma empresa possui um sistema de gestão de desempenho maduro, ela costuma divulgar internamente essas informações. Dessa forma, seus funcionários poderão saber qual é a estratégia da organização naquele período.

Tendo isso em mente, a equipe poderá definir seus objetivos de forma alinhada com os da empresa. Caso a instituição não tenha objetivos definidos, recomenda-se que o colaborador alinhe com seus gestores de que forma a sua área contribui para que a companhia tenha resultados relevantes. Nesses casos o apoio do gestor é muito importante, pois ele se tornará uma espécie de mentor durante o processo.

A partir daí o colaborador terá a possibilidade de estabelecer os seus objetivos. Para que esse planejamento seja feito da maneira correta, e sem que se confundam objetivos com tarefas, existem algumas dicas que valem a pena ser seguidas:

Use verbos claros que indiquem uma conquista

Na hora de estabelecer um objetivo, utilize verbos que indiquem que você vai conquistar algo. Alguns exemplos:

  • Elevar;
  • Reduzir;
  • Aumentar;
  • Aprimorar;
  • Lançar;
  • Implantar.
Deixe claro o motivo do objetivo
 

É importante também entender porque aquele objetivo é relevante pra você e pra organização. Para isso, procure fazer um exercício. Pergunte-se o por quê de você precisar fazer aquilo. Vamos a um exemplo que acontece com muita frequência.

Vamos dizer que você definiu um objetivo que é: “Gerar relatório XPTO”.
Pergunte-se: Por que eu preciso gerar relatório XPTO?
Possível resposta: Por que eu preciso gerar análises para a área X.

Até aqui observamos que o objetivo inicial de gerar o relatório XPTO se trata de uma tarefa. Na verdade, você precisa executar esta tarefa para cumprir um outro objetivo que é:
“Gerar análises para a área X”.
Pergunte-se novamente o motivo desse objetivo: Por que a área X precisa dessas análises? 
Possível resposta: Por que a área precisa otimizar os resultados de investimento.
Por que? Porque possivelmente sua área deseja investir menos, porém de forma mais efetiva, trazendo melhores resultados para a empresa.

Mantenha-se perguntando o motivo até entender como o seu objetivo ajuda a sua área a alcançar um objetivo da organização. Isto é o que o chamamos de alinhamento estratégico.

Neste exemplo, você poderia definir seus objetivos como: “Gerar análises para a área X”. Mas ao definir um objetivo, você também deve pensar em um forma de mensurar como você irá alcancá-lo. Caso contrário, você não saberá se obteve êxito. 

Desta forma, um objetivo melhor seria:
“Aumentar qualidade das análises geradas para a área X”

Como esse objetivo poderia ser medido?
Você pode obter feedback das pessoas que utilizam as análises geradas para verificar se houve mudança de percepção em relação à qualidade das análises.

 

Utilize metodologias confiáveis

É sempre importante conhecer as ferramentas que auxiliam na gestão de pessoas, objetivos e metas. No caso da definição de objetivos, uma das técnicas que pode ser usada é a SMART. Metas SMART são guiadas por alguns princípios, a saber:

  • específicas: sua meta deve ser específica, visando algo concreto, como um número ou status a ser alcançado;
  • mensuráveis: para atingir um objetivo, ele deve ser mensurável, permitindo que seja avaliado o quão efetivo ele foi;
  • atingíveis: de nada adianta especificar uma meta que não possa ser alcançada, metas devem ser atingíveis; lembrando que isso não as impede de serem ousadas;
  • relevantes: metas devem ser relevantes para a instituição como um todo, não apenas para o indivíduo ou setor;
  • temporizadas: é necessário haver um tempo determinado para que a meta seja cumprida, de forma que haja um senso de urgência.

Qual é a importância de mensurar resultados dos objetivos?

Assim como falado anteriormente, como será possível saber se as metas obtiveram o desempenho esperado? Mais do que chegar a um objetivo final, é necessário conhecer o caminho percorrido e ter métricas e números que mostrem qual foi sua efetividade.

Sem métricas, não apenas o colaborador é prejudicado, como também seus gestores, que não conseguem avaliar de forma objetiva o seu desempenho. Sem isso, as avaliações são baseadas no feeling ou opiniões próprias da gestão, o que é prejudicial a todos. Por isso é muito importante que haja uma forma de mensurar os resultados dos objetivos.

Por que contar com uma empresa nesse processo?

Contar com uma solução que oriente empresas sobre como implementar um sistema de gestão de desempenho acaba sendo um fator de sucesso no estabelecimento de objetivos. Durante os ciclos iniciais, será possível identificar metas que não foram bem definidas, dando a chance de mudar os caminhos escolhidos antes da definição.

Assim será possível estabelecer a dificuldade que os gestores terão no momento da avaliação e instruí-los sobre as melhores práticas na definição de objetivos. Ou seja, algo que vai ajudar a empresa a entrar nos trilhos e se planejar com eficácia!

Gostou do que leu? Se você tem interesse em definir bons objetivos e soluções para RH e gestão, assine nossa newsletter! Nela você estará sempre por dentro das melhores práticas do mercado, seja para pequenas, médias ou grandes empresas. Aproveite!

 

Meme Appus News

QUE TAL ASSINAR a nossa newsletter?

Não deixe de ler também…

© 2014 – 2018 | Appus HR Analytics – www.appus.com – Todos os direitos reservados.