4 dúvidas frequentes sobre a pesquisa de clima organizacional

Quer saber mais sobre as soluções da Appus?

A empresa toma uma decisão e as pessoas começam a comentar negativamente. Está havendo uma queda na produtividade de diversos setores da instituição. Esses são dois problemas distintos, mas que podem ocorrer em empresas de todos os portes — principalmente quando o setor de RH ainda está se estruturando. Você sabe o que fazer nesses casos? Nesse post vamos mostrar como usar o recurso da pesquisa de clima organizacional!

Você verá como essa ferramenta é útil e pode ser a chave para que sua empresa melhore a satisfação dos colaboradores e o ambiente interno. Vamos lá?

1. O que define a pesquisa de clima organizacional?

O passo inicial para saber tudo sobre pesquisa de clima organizacional é entender suas características principais. Basicamente, é um mecanismo que serve para identificar o ambiente interno da empresa. Para isso, são utilizados vários indicadores e ferramentas que ajudam a mensurar desempenho, produtividade e conformidade dos colaboradores com os ideais apregoados.

Como já falamos em nosso blog, uma das grandes vantagens da pesquisa é saber quais os problemas que acontecem internamente. Quando ela é feita, existe um mapeamento muito importante para o setor de Recursos Humanos — e para uma empresa que ainda está estruturando esse setor, esse recurso se torna imprescindível!

2. Qual a importância da pesquisa de clima organizacional?

Assim como identificar os problemas internos, a pesquisa de clima organizacional é muito importante para conhecer as tendências que existem dentro de cada núcleo. Cada escolha que a empresa e seus times fazem reflete no dia a dia do negócio. Com a pesquisa, é possível ver a performance dessas decisões.

Isso pode ser exemplificado na escolha de ferramentas, profissionais, técnicas e metodologias. Quando você ouve as pessoas, é possível saber se as opções foram assertivas ou não. Assim, fica mais fácil voltar atrás, caso seja necessário, quando decisões erradas são tomadas.

3. Quando deve ser feita?

Sabendo que a pesquisa reflete a imagem da empresa como um todo, é interessante que seja feita com certa frequência. Recomenda-se que ela seja mensal, mas isso vai depender do tamanho da empresa e da forma como as pesquisas forem recebidas. Caso seja notado que há dificuldade em aplicá-las, será necessário um entendimento dos problemas na aplicação.

Outro momento ideal para a adoção é quando são percebidos problemas internos. Por exemplo, imagine que sua empresa comece a cobrar pontualidade dos funcionários, mas isso acaba gerando um burburinho interno, sendo que essas reclamações não chegam aos superiores, ficando apenas nas conversas informais.

Esse é um daqueles casos ideais para a aplicação de uma pesquisa de clima organizacional: existe um problema comportamental que deve ser tratado. A satisfação dos trabalhadores é algo que deve ser perseguido pelas empresas — e nada como uma pesquisa para mensurar como eles estão sentindo, concorda?

4. Pesquisas caseiras ou terceirizadas?

Essa é uma dúvida bem comum para quem busca aplicar uma pesquisa de clima organizacional. O primeiro passo para a escolha é definir o quão grande é o seu know-how para essa atividade. Mais do que ler este texto, é necessário conhecer ferramentas de análise e coleta que auxiliem no processo, além das melhores práticas envolvidas.

Se você percebe que ainda falta mais conhecimento sobre o assunto, contrate uma empresa especializada. Dessa forma será mais fácil conseguir resultados a médio prazo, além de estabelecer as bases para uma cultura de satisfação interna.

Ao final deste post mostraremos onde encontrar ajuda sobre isso. Mas se você quiser tomar as rédeas por conta própria, isso também é possível. Para tal, é necessário se atentar a algumas dicas, que daremos abaixo.

Elaboração das perguntas

Antes de desenvolver as perguntas, é necessário mapear os assuntos que serão abordados. Pense em quais as áreas que têm deficiências ou aquelas que precisam de uma análise. Além disso, as perguntas criadas precisam ser objetivas e claras, porque isso incentivará a pessoa a responder.

Fuja de perguntas grandes ou de falar sobre muitos assuntos. Manter o foco e ser sucinto fará com que as pessoas não percam o ânimo em responder. Mescle também perguntas fechadas (múltipla escolha) e livres, em que a pessoa possa escrever o que pensa.

Aplicação

Tudo depende do tamanho da empresa. Em alguns casos é melhor fazer algo físico do que usar ferramentas online. Mas se o seu caso for o de uma empresa de médio porte para cima, use sites como Google Forms ou Survey Monkey. Eles são muito conhecidos, gratuitos na maioria dos casos e atendem bem a essa demanda.

Uma das vantagens em fazer a pesquisa online é ter mais confiança no anonimato dos respondentes. Considerando que a pesquisa vai revelar impressões e opiniões sobre o contexto interno, é possível que as pessoas se sintam mais dispostas com questionários digitais, então leve isso em conta.

Se você optar por terceirizar a pesquisa, é possível que a empresa tenha um método próprio de fazer esse processo. Por isso, procure entender como ela faz esse tipo de trabalho e quais são as ferramentas utilizadas. Isso ajudará a evitar problemas diversos.

Análise dos resultados

Talvez a parte mais importante de uma pesquisa de clima organizacional esteja na análise dos dados obtidos. É muito importante que isso seja feito da forma correta e bem comunicado para os funcionários. Assim, as pessoas verão a conexão entre pesquisa e ações práticas, gerando um senso de satisfação e até mesmo maior credibilidade ao RH.

Se você vem de uma empresa familiar ou com pouca estrutura, procure organizar esses dados de forma analítica, com gráficos e indicadores que mostrem os resultados práticos. Isso será essencial para o entendimento das pessoas que estão no comando.

A tomada de decisão deve ser guiada pelas impressões recebidas após a pesquisa. Elas devem apontar para as necessidades e oportunidades encontradas. Quando os funcionários forem informados de alguma mudança, essa ligação deve estar clara para eles — e isso pode ser feito por meio de e-mail ou oralmente.

E aí, aprendeu como fazer uma boa pesquisa de clima organizacional? Como deu para ver, ela não é tão difícil de ser aplicada e traz resultados incríveis! Se você quer realizar uma em seu negócio, fale conosco. Temos ferramentas que automatizam esse processo, ajudando tanto na pesquisa como na análise dos resultados. Tire suas dúvidas falando com a gente!

Este texto foi produzido por Danilo Soares Cardoso, em parceria com a Rock Content.

Meme Appus News

QUE TAL ASSINAR a nossa newsletter?

Não deixe de ler também…

© 2014 – 2018 | Appus HR Analytics – www.appus.com – Todos os direitos reservados.